LA PLAYA BEATLES TRIBUTE

LA PLAYA BEATLES TRIBUTE
TRIBUTES & COVERS

29 setembro, 2014

BOB LEAPER - BIG BAND, BEATLE SONGS - 1964

Bob Leaper went into the studio on two occasions, one occasion armed with his interpretations of music made popular by Petula Clarke and this fabulous Beatles album.

The album was originally a Phase4Stereo Spectacular multi-channel extravaganza made to compliment the growing popularity of stereo recordings. Having said that this is not a gimmicky journey through a percussion session, ping ping stereo it is not. 

This is a JAZZ album!! and features top London Session musicians such as Kenny Clare on Drums & Ronnie Scott on tenor.Just listen to the soloists who revel in the exciting opportunities Leaper's imagination presents. This is a gem of a recording.

In this post we present album, "Big Band, Beatle Songs", arranged and directed by Bob Leaper, released in 1964 by Decca Records, label with London - Phase 4 Stereo. It was later reissued in 2005.

TRACKS DETAIL
===================================

 01. I Wanna Be Your Man
 02. It Won't Be Long
 03. This Boy
 04. Don't Bother Me
 05. She Loves You
 06. A Hard Day's Night
 07. Love Me Do
 08. Please Please Me
 09. All My Loving
 10. There's A Place
 11. Do You Want To Know A Secret?
 12. I Saw Her Standing There














Links:

23 setembro, 2014

THE MAGIC SOUND OF DEEP - PRESENTS THE BEATLES MEGAMIX - 1996

Os Beatles certamente foi o grande fenômeno musical da década de 1960 e 1970, que se eternizou, influenciando bandas e a música pop em geral. Seu legado é indiscutível. Em sua época foram pioneiros e inovadores em vários aspectos, tais como o vocal, as composições e os arranjos. É claro que devemos destacar a ajuda do competente produtor George Martin, no uso de instrumentos, na formatação da música e até no vestuário que foi adotado. Tudo estava preparado para o sucesso.

Eu conheci o som deles por acaso. Como muitos, ao passar por uma loja de discos, ouvi a musica que tocava naquele momento e fiquei parado por alguns instantes, intrigado com aquele som diferente. Logo em seguida sai com o compacto simples na mão, que continha duas músicas da banda, sendo uma delas Love me do. A partir daquele instante virei mais um admirador do grupo.

O material desta postagem é uma das preciosidades que o blog "jbpimentel" nos proporcionou. Infelizmente, muitos dos links que lá estão já não estão mais ativos. Trata-se de uma compilação em formato "Megamix" , 
do "The Magic Sound of Deep", lançado em 1996, pela Deep Records. Acredito que seja mais um trabalho de estúdio. 

Veja as canções dessa compilação na ilustração da contracapa do disco. 



















Links:




20 setembro, 2014

OS ANOS DE BEATLEMANIA - VÁRIOS - VOLUME 3 - 1997

Recentemente apresentamos os Volumes 1 e 2, intitulado "Os Anos de Beatlemania", contendo releituras dos anos 60 e 70,  de músicas dos Beatles.

Para completar a trilogia lançada em 1997, pela gravadora CBS, segue nesta postagem, o Volume 3, contendo 12 músicas originais, interpretadas por Renato e Seus Blue Caps, Ed Wilson, Lafayette, Os Rubis, The Spokes, The G/9 Group, Orquestra Serenata Tropical, Madrugada e Seu Conjunto, Os Super Quentes, Márcio Greick e Leroy Martin. 

Para completar o blog LaplayaBeatles está incluindo mais 13 músicas de bônus, com a participação de Ronnie Von, Brazilian Bitles, Marcio Greick, Nalva Aguiar e Golden Boys & The Fevers.

Neste disco vi interpretações de grupos que eu desconhecia até pouco tempo atrás. Se alguem conhece e tem informações, por favor, repasse para que possamos saber mais e resgatar a memória dessa época. Estou me referindo as seguintes bandas: Os Rubis, The Spokes, The G/9 Group, Leroy Martin.
























Links:

19 setembro, 2014

FRANK CHACKSFIELD AND HIS ORCHESTRA - ´PLAYS THE BEATLES' SONGBOOK - 1970

Frank Chacksfield (Francis Charles Chacksfield) was born in Battle, East Sussex, and as a child learned to play piano and organ. He appeared at Hastings Music Festivals by the time he was 14, and then became deputy church organist at Salehurst After working for a short period in a solicitor's office he decided on a career in music, and by the late 1930s, led a small band at Tonbridge in Kent.

At the beginning of World War II, he joined the Royal Corps of Signals, and, following a radio broadcast as a pianist, was posted to ENSA at Salisbury where he became the arranger for Stars in Battledress, an armed forces entertainment troupe, and shared an office with comedian Charlie ?Chester.

After the war, he worked with Chester and on BBC Radio as an arranger and conductor. He also worked as musical director for both Henry Hall and Geraldo, and began recording under his own name in 1951 as "Frank Chacksfield's Tunesmiths".

In early 1953, he had his first top ten hit, "Little Red Monkey", on the Parlophone label. This was a novelty recording featuring Jack Jordan on the clavioline, and reportedly the first record featuring an electronic instrument to feature on the UK pop chart.

He signed a recording contract with Decca Records in 1953, and formed a 40-piece orchestra with a large string section, the "Singing Strings". His first record release for Decca, Charlie Chaplin's theme for his film Limelight, won him a gold disc in the United States, and in the United Kingdom, where it reached No. 2 in the UK Singles Chart, and won him the NME award as 'Record of the Year'.

It spent eight weeks at No. 2 (an all-time UK chart record), and in all thirteen weeks in the top five chart positions, without dislodging Frankie Laine's, "I Believe". His next 78 single, "Ebb Tide", became the first British instrumental recording to reach No. 1 in some American charts, providing a second gold disc, and he was voted the most promising new orchestra of the year in the US.

He became one of Britain's best known orchestra leaders internationally, and is estimated to have sold more than 20 million albums worldwide. His material was "mood music", similar to that of Mantovani, including ballads, waltzes, and film themes.

In 1954, he began presenting a series on BBC TV, which continued occasionally until the early 1960s. Chacksfield was responsible for the musical arrangement of the first UK entry into the Eurovision Song Contest 1957; "All" by Patricia Bredin. He continued to write music, release singles and albums through the 1950s and 1960s, and appeared regularly on BBC radio.

He continued to record occasionally until the 1990s, from the 1970s primarily on the Phase 4 label. He also developed business interests in publishing and recorded for Starborne Productions, a company supplying "canned music" for use by easy listening radio stations and others. Many of these recordings were made commercially available in 2007.

His last album was Thanks for the Memories (Academy Award Winners 1934–55), released in 1991. Chacksfield died in Kent in 1995, after having suffered for several years from Parkinson's disease.

The main theme from his Latin-American style track "Cuban Boy" was used as the theme music for some broadcast versions of the BBC Scotland sitcom Still Game.
His song "Après Ski" was featured in the 2006 video game Saints Row, for the Xbox 360.
From the album All Time Top T.V. Themes (Decca PFS 4087,1966; also as The Great TV Themes on London SP 44077), several tracks were used by Dutch offshore pirate radio station Radio Veronica in the 1960s. "Rawhide" and "Dragnet" were used in the news jingles; "The Alfred Hitchcock Theme" was also used.

Fonte: Wikipedia, 19/09/2014

In this post we present the album "Franck Chacksfied Plays The Beatles' Songbook," released in 1970 on Decca Records, London Phase 4 Stereo label . The songs on the album are as follows:

01. Get Back [03:06]
02. Michelle [03:14]
03. Got To Get You Into My Life [02:38]
04. Yesterday [02:38]
05. Something [02:41]
06. Hey Jude [03:27]
07. A Hard Days Night [02:59]
08. Norwegian Wood [02:03]
09. Ticket To Ride [03:16]
10. Fool On The Hill [02:57]
11. Come Together [03:26]
12. Ob-La-Di, Ob-La-Da [02:55].














Links:


18 setembro, 2014

OS ANOS DE BEATLEMANIA - VÁRIOS - VOLUMES 1 E 2 - 1997

Acredito que obra dos Beatles sejam as mais relidas por outros músicos e bandas do planeta. Sem dúvida, nas décadas de 1960 e 1970, eles tiveram um papel muito importante na influência  do movimento "Jovem Guarda", assim como no rock brasileiro que em seguida despontaria, tendo o seu auge na década de 1980.

Nesta postagem, o resgate está por conta das versões e releituras das músicas dos Beatles. Nesta época Renato Barros foi o maior versionista das músicas dos Beatles. Também houveram outros, tais como: Leno (Gileno), Lilian (Lilian Knapp), Paulo César Barros, Lisma Dantas, Antony Middelton, Fernando Adour, Carlos Wallace, Regina Correa, entre outros.

Em 1997, foram lançados no Brasil, pela gravadora CBS, atual Sony, com o selo Columbia três volumes de coletâneas de algumas músicas gravadas na época da Jovem Guarda. A seleção de repertório e produção foi do grande pesquisador e produtor Marcelo Fróes. Também destaca-se as lindas capas ilustradas por Frederico Mendes.  

Assim aproveitamos e postamos um disco "2 in 1", contendo as músicas dos volumes 1 e 2, para que os amigos do blog possam apreciá-las. 























15 setembro, 2014

ENOCH LIGHT AND HIS ORCHESTRA - BEATLES CLASSICS - 1974


O maestro Enoch Light (1905-1978) foi líder de uma orquestra muito popular nos anos 1940 e 50, pelo seu estilo de percussão e um pioneiro no uso de novas tecnologias de áudio como o "ping-pong stereo”, que era a passagem de um canal para outro e nos anos 1960 e 70, a gravação em película de 35mm.

Depois desse sucesso, ele fundou a gravadora Command, que possibilitou realizar os seus próprios registros com flexibilidade para novas criações de arranjo e áudio, que utilizava todo o espectro sonoro dos equipamentos de som da época, ficando à frente dessa gravadora até 1965. 

Posteriormente 1965, a gravadora Command foi adquirida pela ABC Records, que por sua vez foi comprada pela MCA Records. Nesse período, Enoch Light continuou trabalhando como arranjador / maestro e chefe do selo “Project 3 Records”.

Nos anos 1970, mesmo gravando esporadicamente, a sua atividade artística diminuiu. Enoch Light faleceu em 31/07/1978, deixando uma obra extensa.

Fonte: Stephen Thomas Erlewine, All Music Guide.

Nesta postagem, apresentamos o seu tributo à maior banda de todos os tempos. Trata-se do álbum, intitulado "Beatles Classics", lançado em 1974 e posteriormente relançado no Brasil, nos anos 1990, em formado compact disc - cd. É bom lembrar que as canções do disco foram lançadas em discos individuais em épocas diferentes. Esse álbum reuniu todas elas juntas. Outro ponto a ressaltar é que o mesmo disco tem várias capas diferentes, respectivamente de acordo com cada reedição.

As canções que compõem o disco são as seguintes:

1. Eleonor Rigby;
2. Suite: Hello goodbye / Something / Penny Lane;
3. Lucy in the sky;
4. Michele;
5. Hey, Jude;
6. Norwegian wood;
7. With a little help from my friends;
8. Let it be. 





 Front - Edição Brasil - Cd




Inside - Edição Brasil - Cd





Back - Edição Brasil - Cd





 Front - Edição USA - Lp




Back - Edição USA - Lp




 Inside - Edição USA - Lp





 Front - Edição Alternativa




  Front - Edição Alternativa 2




 Front - Edição Alternativa 3
Links:






14 setembro, 2014

BEATLES STORY - HQ MARVEL - 1978

Para quem gosta de música e histórias em quadrinhos - HQ, nesta postagem é mostrado uma edição especial, editada em 1978, pela Marvel Comics, intitulado "Beatles Story", apresentado por Stan Lee, o mesmo autor do Phantom ou Fantasma, como é normalmente conhecido no Brasil. 


Foi produzido e escrito por David Anthony Kraft. Vale como curiosidade e como item de colecionador.













Links:




09 setembro, 2014

THE BEATLES - THE DECCA TAPES - 1962

Decca Tapes foi a primeira gravação feita pelos Beatles em um estúdio profissional. O álbum não foi lançado na época porque a gravadora Decca não assinou contrato com os Beatles. O álbum é encontrado na versão na versão Bootleg somente.
Já como empresário dos Beatles, Brian Spstein era muito conceituado no mundo dos discos, por ser dono de uma das melhores lojas de disco do Norte. Seu prestígio com a gravadora Decca era muito bom e ele conseguiu que enviassem um encarregado de Artistas e Repertórios (A&R) para ouvir os Beatles no Cavern Club em Liverpool. A Decca enviou Mike Smith no final de 1961.
Mike Smith gostou muito do que ouviu e prometeu arranjar uma oportunidade em Londres para que pudessem realizar uma audição nos estúdios da Decca. Esta audição serviria para conhecer o grupo, ouvir o som e ver como ficava depois de gravado.

Para chegar a Londres, os Beatles utilizaram uma camioneta alugada por Neil Aspinall, levando instrumentos e amplificadores, mas que na hora da apresentação não valeram de nada, pois o pessoal da gravadora preferiu que fossem usados os disponíveis no estúdio.
No dia 01/01/1962, os Beatles entraram nos estúdios da Decca. George Harrison cantou a música Sheik Of Araby e Paul McCartney cantou Red Sails In The Sunset e Like Dreamers DoPaul, como todos, estava muito nervoso e acabou desafinando durante suas interpretações. Pelo retorno dado por Mike Smith ao final da gravação eles tinham certeza de que seriam contratados e semanas se passaram a espera de um chamado da gravadora.

O repertório foi selecionado por Epstein, para mostrar a performance do grupo, com 15 músicas em um espaço de uma hora, diante dos representantes da Decca Records A&R, mas a apresentação não foi tão produtiva quanto esperavam. Em Março, Brian recebeu a notícia de Dick Rowe (chefão da Decca) de que tinham resolvido não gravar os Beatles, alegando que grupos de rock com guitarra em breve estariam fora de moda. Brian respondeu então "que estava completamente convencido de que aqueles garotos seriam maiores do que Elvis Presley".
A partir daí, os Beatles realizaram uma longa peregrinação por diversas gravadoras, tais como a Pye, Columbia, HMV e EMI e foram recusados em todas elas, inclusive por gravadoras menores.

Enfim, fizeram novo teste na Parlophone Records, que fazia parte da EMI, e George Martin, o futuro produtor  finalmente avisou Brian, em Julho de 1962, que os Beatles iriam assinar contrato com a Parlophone e eles agora deveriam selecionar o material a ser gravado. A grande coincidência é que os estúdios da Decca em Hampstead fica a menos de 3 kilómetros do Abbey Road Studios em St. John's Wood. Estúdio aonde eles viriam a gravar os maiores sucessos de sua carreira. As fitas desta audição somente foram divulgadas 20 anos mais tarde, em 1982.
Nesta postagem, apresentamos o famoso álbum "The Decca Tapes":















Links:



08 setembro, 2014

FRANCK POURCEL - MEETS THE BEATLES - 1970

Muitas orquestras já fizeram tributos aos Beatles, tais como Percy Faith, Paul Mauriat, Ray Conniff, Enough Light entre outras, sem contar aquelas orquestras com gravações pontuais de uma canção ou outra. Entretanto, das que conheço, enfatizo o tributo realizado pela orquestra de Franck Pourcel. Das orquestras pop, que navegaram nos anos 1970 e 1980, considero os arranjos de Franck Pourcel como uma das melhores na época e inovadoras. O equilibrio das cordas e dos outros instrumentos é notável.

Nesta postagem apresento o disco de 1970, com capa editada no Brasil, lançado pela pela EMI-Odeon, intitulado "Meets The Beatles". Nesta versão foram editadas apenas 12 canções, enquanto que na versão lançada na Inglaterra, no ano de 1969, continha 14 faixas, duas a mais que a edição brasileira, sendo as músicas The Long And Winding Road e Goodbye. A versão inglesa foi lançada com o selo EMI/Columbia. Vale a pena ouvir, sendo:

1. Let it be; 
2. Help; 
3. I me mine; 
4. Penny Lane; 
5. Michele; 
6. Here, there an everywhere; 
7. The long And Winding Road; 
8. Eleanor Rigby; 
9. Hey Jude; 
10. Ob-la-di, Ob-la-da; 
11. Don't let me down; 
12. Girl; 
13. Yesterday e 
14. Goodbye.





















 Links:

06 setembro, 2014

PAUL MAURIAT - SALUTES THE BEATLES - 1972

Não há quem em algum momento não cantou ou tocou alguma melodia dos Beatles. Pois é...Muita gente já gravou disco tributo à  maior banda de todos os tempos. Agora chegou a vez de mostrar para os que não conhecem e resgatar para os que já ouviram, o disco tributo da Orquestra Paul Mauriat, intitulado "Salutes The Beatles.

O disco foi lançado, em 1972, na Europa e em alguns países, com o selo Contour, exceto no Brasil. Também foi lançado na França, com o selo Fontana, tendo como título "Joue Les Beatles". O interessante é que todas as músicas constantes nesse álbum já foram lançadas individualmente em diversos discos lançados anteriormente.

Destaco o arranjo das músicas YesterdayPenny LaneLet it Be e Lady Madonna. O disco contém as seguintes faixas:
1. Eleanor rigby; 
2. Mys sweet lord; 
3. Yesterday; 
4. Hey Jude; 
5. Girl; 
6. Goodbye; 
7. Penny Lane; 
8. Ticket to ride; 
9. Let it be; 
10. Michelle; 
11. Get back; 
12. Lady madonna.






















 Links:




04 setembro, 2014

METRALHAS - BEATLES AGAIN - 1992

A banda Os Metralhas foi um dos primeiros grupos musicais de Curitiba, atuando inicialmente na época da Jovem Guarda e em fase posterior se dedicando exclusivamente ao tributo da música dos Beatles, com lampejos de clássicos do rock e do blues. 

O primeiro nome da banda foi “The Little Devils”, em 1961, quando ainda era um trio. Dois anos depois passou a se chamar “The Shelters”, jám com cinco componentes em sua formação. Em 1967, passou a se chamar “Metralhas” e na fase Beatles, a banda passou a se denominar “Metralhas Beatles Again”.

A primeira formação dos Metralhas contava com Paulo Hilario Bonametti (contrabaixo e backing vocal), Vitorio Santos (bateria e vocal solo), Alfreli A, Amaral (guitarra solo, teclado, harmônica e backing vocal), Arcy (guitarra base ) e Phivus (órgão). 

Na fase Beatles, a banda contava com Valderilio F. Azevedo (guitarra base, violão e vocal solo), substituindo Arcy e Phivus. Em minha opinião, a melhor formação dos Metralhas era composta por Paulo Hilário, Vitorio, Alfreli e Valderilio. 

A banda continua na ativa, sempre com shows lotados, e a sua atual formação, conta com Paulo Hilário, Tiago Brandão, Renato Scaramella Junior e Rodrigo Scaramella.
Metralhas Beatles Again se apresentaram em Liverpool, terra dos Beatles, por três anos consecutivos, no International Beatles Week, onde somente os melhores intérpretes dos Beatles são convidados. 

Eles obtiveram diversos prêmios, sendo os mais recentes são os da “Banda da Década”, “Saul Trompet” e “Prêmio Cultura”, concedido pela Câmara Municipal de Curitiba, além de diversas outras homenagens, no decorrer de sua carreira musical.


Fonte de pesquisa: www.metralhas.com.br


Nesta postagem, apresentamos um dos melhores álbuns, gravado no formato Cd e contendo sucessos dos Beatles da fase mais rock de origem, com composições de sucessos de Chuck Berry  e outros grandes compositores do gênero Blues. 

Foi lançado em 1992, de forma independente, com tiragem limitada,  com o apoio de empresas que tinham incentivos tributários em projetos culturais. em minha opinião, as interpretações ficaram muito boas e a canção de minha preferência é Baby It' You, que antes dos Beatles tinha sido gravado pelo grupo feminino "The Shirelles".  O disco contém as seguintes músicas:

1. Long tall Sally; 
2. Roll over Beethoven; 
3. Baby it's you; 
4. Money; 
5. Twist and shout; 
6. Please Mr. Postman; 
7. Dizzy miss Lizzy; 
8. You really got a hold on me; 
9. Rock and roll music; 
10. Boys.



















 Os Metralhas e a cantora Wanderléia em programa local - Década de 1960




 Metralhas Beatles Again em formação mais recente
Links: